Itapuranga – Goiás

5/5
Itapuranga - Goiás
Itapuranga está localizada na Região Centro-Oeste - Goiás

Confira informações sobre Itapuranga

0
habitantes

IDHM

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) considera três dimensões de avaliação: educação, renda e longevidade. Índice vai de 0 a 1 (quanto mais próximo de 1 melhor)

Veja tudo sobre Itapuranga (GO): população, localização, economia, saúde, e educação

A cidade de Itapuranga, situada no Estado do Goiás (GO), tem população estimada de null habitantes. O município tem área de 1.276,48 km2, assim a densidade demográfica é de null habitantes por km2. O atual chefe do administrativo é o(a)prefeito(a) é Null.

O principal bioma de Itapuranga-GO é a null e o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de null.

Economia

Na economia, a remuneração média do trabalhador null é de 1,7 salários mínimos por pessoa. O índice de ocupação de pessoal em Itapuranga é de 13,4% (3.566 pessoas). O PIB per capita, ou seja, o Produto Interno Bruto por pessoa, é de R$ 15.419,78.

O orçamento de Itapuranga registrou R$ 59,87 milhões em receitas e as despesas totalizaram 54.411.330 milhões. O resultado contábil em Itapuranga ficou em R$ 5,46 milhões.

Saúde

A taxa de mortalidade infantil em Itapuranga é de 8,88 óbitos por mil nascidos vivos. O saneamento básico atinge 72,9% de esgotamento sanitário.

Itapuranga tem null estabelecimentos vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A arborização atinge 95,9% das vias públicas e a urbanização é de 25,2%.

Educação

A taxa de escolarização de Itapuranga, considerada a faixa de 6 a 14 anos, é de 99,2%. A cidade possui null escolas vinculadas ao ensino fundamental e null voltadas para o nível médio. Sãonull estudantes matriculados no ensino fundamental e null no ensino médio. Já o número de professores é de null no ensino fundamental e null no médio.

Na avaliação da qualidade da educação no ensino fundamental, considerando o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), Acrelândia obteve nota 6 para os anos iniciais e nota 5,3 para os anos finais.

Fontes:

  • População estimada: IBGE – 01/07/2019
  • População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010
  • Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010
  • Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas – 2017
  • Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas –  2017
  • População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2017 (data de referência: 31/12/2017) e  IBGE, Estimativa da população 2017 (data de referência: 1/7/2017)
  • Rendimento nominal mensal per capita: IBGE, Censo Demográfico –  2010
  • Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico – 2010
  • IDEB: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais – INEP – Censo Educacional  – 2017
  • Matrículas estudantes e número de docentes e escolas: INEP. Sinopse Estatística da Educação Básica 2018. Brasília: Inep, 2019. Disponível em <http://portal.inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-basica>.
  • PIB per capita: IBGE
  • Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) – Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015
  • Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD
  • Receitas e Despesas: Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro – 2017
  • Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde – DATASUS  – 2017
  • Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009
  • Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2019
  • Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
  • Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010
  • Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

 

 

 

Considera o número de óbitos em cada mil nascimentos

%

Urbanização

%

Arborização

%

Esgotamento Sanitário